A Trajetória do Rei

Superando a barreira de um milhão de LPs vendidos no ano

QUEBRANDO A ROTINA
Fugindo à tradição, Roberto Carlos lança no meio do ano um LP denominado Roberto Carlos San Remo 1968, uma compilação de grandes sucessos lançados anteriormente em compactos:
Eu daria a minha vída, Maria, Carnaval e cínzas, Eu disse adeus, O show já terminou e outras. Muita gente confunde o ano de lançamento com 1968 por causa do título, mas na realidade foi em 1976.

O ESPECIAL DA TV RENDIA VÁRIAS HOMENAGENS
Seu especial da TV deste ano, além de homenagear grandes músicos brasileiros e os cantores da Velha Guarda como Orlando Silva, Carlos Galhardo, Moreira da Silva, Aracy de Almeida e Dircinha Batista, protagonizou um memorável encontro com Tom Jobim fazendo com ele um dueto da canção Lígia (faria outro em 78).

ÁLBUM ANUAL
No mês de dezembro, é lançado o seu tão esperado álbum anual, com os sucessos Ilegal, Imoral ou engorda, Os seus botões, O progresso, Pelo avesso e outros. Os LPs de Roberto Carlos se transformam nos presentes preferidos de Natal. Este álbum seria o primeiro LP brasileiro a superar a marca de um milhão de discos vendidos. 1.376.418 vendidos na época.

Seus discos eram concomitantemente lançados ao redor do mundo, não só nos países de lingua hispânica, como também na Holanda, Africa e Estados Unidos, nas versões em espanhol e italiana


Site NÃO OFICIAL criado e administrado por fãs do artista de todo o Brasil

Compartilhe


Menu Principal